ok

Fórum Paulista interage com Planos Municipais da Mata Atlântica e Revisão dos Padrões Nacionais do FSC

Publicado em 21/06/2016 por Juliana Griese.

Participantes do XXVI Encontro no Centro de Pesquisa e Formação do SESC-SP

Realizado dia 07 de junho no Centro de Pesquisa e Formação do SESC São Paulo, o XXVI Encontro do Fórum Florestal de São Paulo trouxe dois temas para o diálogo: atualização sobre implantação dos Planos Municipais da Mata Atlântica (PMMA) previstos na Lei da Mata Atlântica (Lei 11.428/2006) e o processo de revisão dos Padrões Nacionais do FSC. O primeiro uma importante política pública para conservação da Mata Atlântica, o segundo um importante processo que afeta diretamente o manejo florestal das empresas.

Para dialogar sobre os PMMA contamos com a participação de Mariana Gianiaki da SOS Mata Atlântica. Mariana trouxe informações detalhadas sobre os esforços e desafios enfrentados pela SOS MA e parceiros para garantir a implantação da lei e ajudar os municípios a construírem os seus planos. A plenária em diálogo identificou os links que os PMMAs possuem com os atuais trabalhos do Diálogo Florestal como o Diálogo sobre o Uso da Terra e com o apoio do SESC, entendeu que o intercâmbio com a Secretaria Executiva do DF e a Ong APREMAVI seria muito interessante. Mariana sugeriu o envio de um vídeo sobre a experiência de sucesso de Caxias do Sul (RS) como um exemplo a ser seguido. Além disso todos que participam de Conselhos Municipais do Meio Ambiente, visto seu papel chave na implantação e gestão dos PMMAs, poderão colocar o assunto em pauta e incentivar o engajamento de municípios que ainda não iniciaram um trabalho neste sentido.

No período da tarde e com a presença e colaboração de Andrea Werneburg, foi feito um interessante exercício para contribuição na revisão dos Padrões Nacionais do FSC baseado na metodologia que está sendo utilizada nas reuniões públicas. Divididos em grupos heterogêneos os participantes puderam escolher um tema de interesse através do Guia de Navegação (disponível no site https://br.fsc.org/pt-br/consultas/consultas-fsc-brasil), definir um Critério e os Indicadores da certificação FSC a serem analisados. Todos entenderam a importância, desafios e complexidade do trabalho e muitos se comprometeram a dar continuidade a contribuição tanto sendo agentes diretos através do preenchimento dos formulários on line quanto motivando suas redes para participar do processo.

Finalizando o encontro, Lincoln Delgado do Grupo Consciência Ecológica, trouxe informes sobre os excelentes desdobramentos do XXV Encontro realizado em São Francisco Xavier (São José dos Campos), o trabalho da rede de instituições locais para produção de um Atlas dinâmico no formato de uma plataforma digital da Mata Atlântica e Cerrado em São José dos Campos e Monteiro Lobato. Também, membros Maurício Talebi e Ivone Namikawa, relataram suas participações no encontro sobre o Diálogo sobre o Uso da Terra realizado em Atalanta, SC e no encontro do The Forest Dialogue no Chile.

O encontro foi encerrado com informes da Secretária Executiva, Juliana Griese (Instituto Itapoty), apresentação e aprovação do planejamento do 2º semestre.

Todos agradecem imensamente a parceria com o Centro de Pesquisa e Formação do SESC para realização de mais este encontro.

O Fórum Florestal de São Paulo é um espaço de discussão sobre questões sociais e ambientais promovido por ONGs e empresas do setor florestal. Seu objetivo é gerar diretrizes e ações conjuntas que tenham impactos positivos sobre a sociedade e o meio ambiente. O Fórum funciona através de uma lista de discussão via e-mail e encontros trimestrais que geram documentos, projetos e esclarecem questões sobre a atuação das empresas.

Arquivos anexos

Memória XXVI Encontro (876kb)

Comente esta página

Nome:

E-mail:

Comentário:

Enviar
Seu e-mail não será exibido na página e é necessário
apenas para nosso controle interno dos comentários.